quinta-feira, 26 de março de 2015

Agnata Fides Empenho em prol do Black Metal

A Agnata Fides surgiu em abril de 2014 do embrião de outra Horda, a Abyssum. Apesar de ser nova, a Horda conta com membros experientes da cena mineira. Em novembro lançaram seu primeiro registro um EP intitulado “Agnata Fides”.

HMAN: Como ocorreu essa transição da antiga horda Abyssum para a Agnata Fides?

NaWotam: Primeiramente gostaria de agradecer o espaço concedido pela Heavy Metal All Night (HMAN).

Pois bem, a Horda Abyssum foi fundada em 2007 por mim (NaWotam) e o guitarrista ‘Siccarius’, e nesse mesmo ano lançamos uma DEMO intitulada ‘Black Sky Of The Night’.

A Abyssum tinha como proposta o anti-cristianismo, mas com o passar dos anos Siccarius acabou se afastando desde princípio e em 2014 eu (NaWotam), juntamente com ‘DDoS’ (guitarra) e ‘Vascatur’ (bateria) (que já haviam tocado no que era o “final” da Abyssum entre 2009 e 2011) resolvemos resgatar antigas composições. E foi neste momento que convocamos o guitarrista ‘Nija’ para atuar na outra guitarra, substituindo assim ‘Siccarius’ que por divergências ideológicas acabou se afastando do metal negro. Resolvemos então preservar a memória da antiga Horda Abyssum e criar o projeto que viria a se tornar a Agnata Fides.
               
A Horda não perdeu tempo e no final do ano passado lançou seu primeiro registro, o EP “Agnata Fides”. Por que lançar tão rápido um material?

NaWotam: Como mencionado, Agnata Fides surgiu da antiga Abyssum e eu (NaWotam) e Siccarius estivemos empenhados desde 2007 até por volta de 2010 para lançar o que seria o primeiro EP da Abyssum. 

Com o término da Abyssum, ficamos com inúmeras composições finalizadas e com a euforia dos membros em ver as músicas prontas, só faltava mesmo gravar. Foi aí que tivemos a grande sorte do nosso guitarrista ‘DDoS’ ser proprietário de um Home Studio (Aethyr Home Studio), que foi o que nos possibilitou gravar o que se tornou o primeiro EP da Agnata Fides. Depois de sete meses conseguimos lançar o EP.

Vocês já tiveram algum retorno, por parte de público e mídias, com relação ao EP?

NaWotam: Nosso retorno tem sido bastante positivo e com certeza isso é reflexo do grande empenho de todos os membros em fazer a Horda acontecer. Estamos completando quase cinco meses desde o lançamento do EP, e já fechamos uma parceria com a Depressive Illusions Records (selo da Ucrânia) que distribui nossos CDRs e Tapes na Europa. Recentemente entramos para a lista da Genocidio Records que faz um trabalho de assessoria de imprensa para a Horda e temos contado com o apoio de várias outras vertentes dentro do Underground nacional e até mesmo internacional. Não deixamos de fora também esta entrevista e o apoio que a HMAN tem nos oferecido.

NaWotam (Baixo/Vocal)
Como foi compor para o EP, e como funciona o processo de composição dentro da horda?

NaWotam: Existe uma linha ideológica a ser seguida. Decidimos manter um foco e seguir apenas uma linha filosófica para compor nossas letras e possivelmente os próximos álbuns também deverão ser assim. Baseamos isso nos ensinamentos e nas obras do escritor argentino Luis Felipe Moyano (Ninrod de Rosario) com seus livros ‘O Mistério de Belicena Villca’ e ’Fundamentos da Sabedoria Hiperbórea’.

Vocês já estão pensando em um full-lenght, ou ainda é cedo? O que podem nos adiantar?

NaWotam: Planejamos dar início ao Full este ano ainda, e terminá-lo em até 2016. Posso adiantar que 60% das composições já estão prontas e que grande parte do Full é a outra parte do que seria o primeiro EP da Abyssum.

Como uma Horda de Black Metal, como você vê essa expansão religiosa, que se mostra um dos grandes flagelos da sociedade moderna?

NaWotam: Um dos maiores cânceres do mundo sem dúvida é o Cristianismo. Em todo lugar que eles chegaram, a cultura local foi devastada. As culturas europeias, africanas, asiáticas, americana; por onde estivessem, eles destruíam tudo e todos que se opunham a eles.

Nós não só tocamos Black Metal, mais temos este como uma arma, uma forma de manifestação contra o Judaico-Cristianismo. O fundamentalismo religioso é a raiz de todos os problemas do mundo moderno.

A internet sem dúvida nenhuma é um facilitador, qual a opinião de vocês sobre este veiculo?

NaWotam: A internet tem sido uma ferramenta incrível, através dela tivemos a oportunidade de conhecer várias outras hordas, pessoas, zines e etc. Sem contar a divulgação instantânea que a mesma possibilita; levando assim, a nossa mensagem (música) aos quatro cantos do mundo e sabe se lá aonde mais. Ressalto que, disponibilizamos gratuitamente o Download completo do nosso primeiro EP auto intitulado Agnata Fides (Link para download: http://migre.me/mMPkF).


Quais os planos da Horda para 2015?

NaWotam: O foco da Agnata Fides tem sido os ensaios, estamos ansiosos para nossa primeira     apresentação. Estamos terminando de fechar o nosso setlist que conta com alguns covers e assim que o mesmo estiver concluído, planejamos voltar às atenções para finalizarmos as canções do Full e aí é voltar pro estúdio e gravar.

Deixo aqui um espaço para as considerações finais da Horda!

NaWotam: Com extrema satisfação quero agradecer o apoio e o suporte que tem nos dado. É uma grande honra para todos nós da Agnata Fides estarmos presentes neste enorme veículo de comunicação, que é com certeza um expoente do meio Underground.



Links Relacionados



por Artur Azeredo

Nenhum comentário:

Postar um comentário