sábado, 28 de dezembro de 2013

Resenha Exterminate - EP Ascencion



Ah! O Death Metal Gaúcho sempre nos revelando excelentes bandas, algumas despontam, acabam se tornando mais reconhecidas no exterior  do que aqui, outras já ficam no underground, isso não significa que a sonoridade é inferior muito pelo contrario, sobra qualidade, empenho e brutalidade.
Vos apresento a Exterminate, banda Gaucha que faz um Brutal Death Metal, sem aquela historia de mais do mesmo, os caras também não reinventaram o estilo, mas fazem a roda girar com perfeição e uma velocidade descomunal. A banda formou se em 2005, em 2009 lançaram uma demo “Insane Fate”, uma formação estável só viria com a chegada de alguns membros da conhecida Mental Horror.
A Exterminate nasceu com o intuito de praticar um Death Metal Brutal, em se tratando de experiência já da pra se ter uma ideia da sonoridade. A Exterminate é uma maquina de destruição sonora, um verdadeiro rolo compressor e “ Ascension” é a ferramenta principal para a aniquilação auricular.  As cinco faixas que esse EP carrega, deixam mais do que evidente a qualidade e a Brutalidade do som dos caras.
O EP vem uma caixa de acrílico, bem convencional, destaca se qualidade visual do material, o bom acabamento e a preocupação de se colocar no encarte informações da banda, com contato e tudo mais. O EP abre os trabalhos com a faixa titulo “Ascension”, de uma brutalidade fora de serie, cadenciada, veloz, ótima para um bate cabeça, o EP segue com “Insane Fate” pedrada, veloz e brutal na medida certa, destaca se durante as faixas o excelente trabalho de guitarras, sempre com riffs marcantes, solos rápidos e certeiros. O vocal também merece destaque, não é aquele gutural abafado, muito pelo contrario, rasgado mas bruto cheio de ódio. Na sequencia “Repulsive and Extreme Aversion” mantem a pegada brutal, batera insana, velocidade alucinante,  riffs cadenciados, faixa matadora. A pedrada continua com “Ignorant Bliss” e “The Great Life” que dão conta do exterminio.

Arte da capa bem condizente com a sonoridade


Escutei o EP e fiquei boquiaberto com tamanha qualidade, quando vi ao vivo então, minhas expectativas foram confirmadas, se a Exterminate veio pra ficar não sei, mas com esse EP já deixou seu nome na Historia do Som Pesado Gaúcho.

Eis aqui uma amostra da sonoridade dos caras!




Links da Banda:





Stay Heavy! 

por Artur de Azeredo